Estudo epidemiológico dos transtornos mentais na Região Metropolitana de São Paulo

Resumo: O Estudo São Paulo Megacity é um estudo de corte transversal de base populacional avaliando a morbidade psiquiátrica em uma amostra probabilística da população geral residente na Região Metropolitana de São Paulo, com 18 anos ou mais. Respondentes foram selecionados através de um processo probabilístico multiestratificado de domicílios, cobrindo os 39 municípios, sem substituição. Respondentes foram avaliados usando o World Mental Health Survey Composite International Diagnostic Interview (WMH-CIDI), que foi traduzido e adaptado para o Português vigente no Brasil. A coleta de dados ocorreu entre maio/2005 e abril/2007, por entrevistadores treinados. O WMH-CIDI é composto por seções clínicas e não-clínicas, dispostas em duas partes, gerando diagnósticos de acordo com o DSM-IV e a CID-10. Todos os respondentes que preencheram critérios diagnósticos para pelo menos um dos transtornos avaliados na Parte I (transtornos do humor, ansiedade, controle de impulsos, decorrentes do uso de substâncias psicoativas e comportamento suicida) e uma amostra aleatória de 25% dos não-casos receberam a Parte II, composta por módulos não-clínicos e clínicos complementares (transtornos obsessivo compulsivo, estresse pós-traumático, jogo patológico, alimentares, pré-menstruais, neurastenia, sintomas psicóticos e rastreio de personalidade). Um total de 5.037 indivíduos foi entrevistado, com uma taxa global de resposta de 81,3%. Amostras de saliva foram coletadas de 1.801 respondentes, com extração de DNA e armazenamento para investigação futura.

Data de início: 2014-01-02
Prazo (meses): 168

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Maria Carmen Moldes Viana
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105