Tecnologia Gerencial para avaliação do Sistema de Gestão Municipal Rede Bem Estar do Município de Vitória-ES

Resumo: A OMS reconhece a importância de estudos e uso das TICs na saúde, e estimula o Brasil na construção de políticas de e-saúde e juntamente com a Internacional Telecommunications Union propõe metodologias para efetivação destas políticas e o CONASS, CONASEMS, ABRASCO, Sociedade Brasileira de Informática em Saúde, aprovou diretrizes e documentos que propões ações estratégicas para o fortalecimento das TICs em destaque a redução a fragmentação dos sistemas de informação em saúde, construção do Registro Eletrônico em Saúde, capacitação e certificação dos recursos humanos em e-saúde, adotar e fomentar o
uso de padrões de interoperabilidade, bem como as terminologias clínicas (LEÃO, 2017; BRASIL, 2018). Tais estudos referem que a utilização dos recursos tecnológicos disponibilizados pela informática/sistema de informação favorece a comunicação entre
os profissionais de saúde promovendo o cuidado em saúde. Diante deste contexto, constata-se uma tendência na área da atenção a saúde para informatização do prontuário do paciente, integrando todas as informações de saúde. Para isso, os profissionais de saúde devem garantir que os dados de saúde estejam presentes nos registros/prontuários para que sejam analisados, demonstrando assim, a contribuição das tecnologias da informação e comunicação em saúde.

Data de início: 2019-03-04
Prazo (meses): 24

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Eliane de Fátima Almeida Lima
Pesquisador Paulo Cesar Barbosa Fernandes
Pesquisador Ana Inês Sousa
Pesquisador Rodrigo Varejao Andreao
Pesquisador Cândida Caniçali Primo
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105