SINTOMATOLOGIA DEPRESSIVA EM PACIENTES COM TUBERCULOSE NA REGIÃO METROPOLITANA DO ESPÍRITO SANTO

Nome: Teresa Cristina Ferreira da Silva
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 24/09/2020
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Ethel Leonor Noia Maciel Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Ana Claudia Gama Barreto Suplente Externo
Anne Caroline Barbosa Cerqueira Vieira Examinador Externo
Carolina Maia Martins Sales Examinador Interno
Ethel Leonor Noia Maciel Orientador
Geisa Fregona Carlesso Suplente Interno
Thiago Nascimento do Prado Coorientador

Resumo: Objetivo: Descrever o perfil clínico e socioeconômico, e a sintomatologia depressiva
entre pessoas em tratamento de tuberculose na região metropolitana do estado do
Espírito Santo, Brasil. Metodologia: Trata-se de um estudo descritivo, de corte
transversal realizado entre agosto de 2019 e março de 2020 no âmbito da atenção
primária em municípios da região metropolitana do Espírito Santo. Foram coletados
dados socioeconômicos, comportamentais e clínicos em entrevista, e rastreados os
sintomas depressivos pelo Patient Health Questionnaire-9 (PHQ-9). Resultados: A
amostra foi composta por 92 pacientes, em sua maioria do sexo masculino, não
brancos, com 41,5 anos de idade (média), metade solteiros, sem concluir o ensino
fundamental, desempregados, com renda familiar de até 3 salários mínimos,
pertencentes às classes socioeconômicas C, D e E, não contemplados por programa
de transferência de renda. Foram rastreados 48% da amostra com sintomatologia
depressiva, sendo 81% em nível de gravidade variando do leve ao grave, com
predomínio do sintoma fadiga (84%) e presença do humor deprimido e anedonia em
58%. Conclusão: A sintomatologia depressiva na população estudada apresentou
frequência relevante e potencial para prejudicar a vida pessoal, social e estado de
saúde das pessoas em tratamento da tuberculose. Assim, na perspectiva do Plano
Nacional pelo Fim da Tuberculose, o rastreamento da depressão e das suas
manifestações pode expandir as ações de cuidado e prevenção centrados no
paciente com tuberculose e reduzir os efeitos combinados da tuberculose e da
depressão.

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105