AVALIAÇÃO DO IMPACTO DE PROBLEMAS BUCAIS NA QUALIDADE DE VIDA NA POPULAÇÃO IDOSA DE GRUPOS DOS CENTROS DE CONVIVÊNCIA DA TERCEIRA IDADE DO MUNICÍPIO DE VITÓRIA - ES

Resumo: De acordo com as estimativas projetadas pelo IBGE, o grupo de 60 anos ou mais de idade alcançará 29,3 milhões de pessoas em 2020 e 66,5 milhões de pessoas em 2050, resultando em uma alteração na pirâmide etária, com diminuições contínuas de contingentes na sua base e aumentos sucessivos nas idades posteriores. Então, o envelhecimento populacional desafia a habilidade de produzir políticas de saúde que respondam às necessidades das pessoas idosas. O objetivo deste estudo é avaliar impactos produzidos por condições bucais na qualidade de vida de idosos que participam de grupos dos Centros de Convivência da Terceira Idade (CCTIs) do município de Vitória – ES e a associação com as variáveis sociodemográficas, socioeconômicas e a utilização dos serviços odontológicos bem como analisar a perda dentária. A utilização de indicadores subjetivos complementa os indicadores objetivos na determinação da necessidade de tratamento, propiciando melhor saúde bucal e qualidade de vida para a população. O Oral Health Impact Profile (OHIP) é um exemplo de indicador subjetivo. Será realizado um estudo analítico com delineamento transversal, onde pacientes responderão questionários com roteiros padronizados.Um dos roteiros utilizados será o perfil do impacto de saúde bucal OHIP-14.Os dados serão coletados por uma pesquisadora e dois acadêmicos de Odontologia, em seguida armazenados no SPSS 15. Serão aplicados os testes qui-quadrado e o exato de Fisher. O Odds-radio (OR) será para avaliar a força da associação entre evento e exposição, com intervalo de confiança (IC) de 95%. O método de Mantel-Haenzsel calcula a magnitude do efeito por meio do OR e será útil para resolver problemas de associação entre um preditor e variável efeito para todas as dimensões combinadas. A análise de regressão logística será usada para valores significantes até 10%. Espera-se detectar prevalência de impacto na qualidade de vidados idosos produzido por problemas bucais e encontrar resultados que contribuam para melhorias na gestão do município de Vitória – ES.

Data de início: 2019-02-04
Prazo (meses): 18

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Aluno Mestrado Adriana Drummond de Aguiar
Coordenador Maria Helena Monteiro de Barros Miotto
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105