Avaliação da segurança e adesão do tratamento da Infecção Latente da Tuberculose

Resumo: Objetivos: Analisar a utilização pelo paciente da Isoniazida 300mg para o tratamento da infecção latente da tuberculose. Métodos: Essa etapa será realizada em Brasília, Curitiba, Santa Catarina, Ribeirão Preto, Espírito Santo sob forma de um ensaio clínico pragmático randomizado e aberto nas Unidades de saúde que prestam assistência a pacientes com Tuberculose e que tenham ou não Programa de Controle de Tuberculose (PCT). Resultados esperados: O estudo pretende fundamentar estratégias teóricas e operacionais que respondam à demanda de incorporação de uma nova apresentação da Isoniazida para tratamento da ILTB na rede do SUS pelo PNCT/MS que não acrescente riscos aos pacientes. Nesse sentido, pretende-se identificar elementos do processo de assistência desde a prescrição até a dispensação e tomada do medicamento pelo indivíduo.

Data de início: 2018-06-20
Prazo (meses): 43

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Ethel Leonor Noia Maciel
Pesquisador Anne Caroline Barbosa Cerqueira Vieira
Pesquisador Geisa Fregona Carlesso
Pesquisador Letícya dos Santos Almeida Negri
Pesquisador Keila Cristina Mascarello

Páginas

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105