DESIGUALDADES SOCIAIS E GEOGRÁFICAS NO DESEMPENHO DA ASSISTÊNCIA PRÉ-NATAL NO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE DA REGIÃO METROPOLITANA DA GRANDE VITÓRIA, ESPÍRITO SANTO, BRASIL

Resumo: Estudos têm demonstrado que características como renda e escolaridade estão associadas ao menor acesso aos cuidados pré-natais de qualidade. O estudo tem por objetivo analisar as desigualdades sociais e regionais no desempenho da assistência pré-natal médico-odontológica no Sistema Único de Saúde da Região Metropolitana da Grande Vitória (RMGV), Espírito Santo (ES), Brasil, e as representações das puérperas sobre o acesso e o cuidado pré-natal. Será um estudo com abordagem quanti-qualitativa, parte dos projetos “Avaliação da Qualidade da Assistência Pré-natal na RMGV-ES: Acesso e Integração dos Serviços de Saúde” e “Avaliação e monitoramento das ações de promoção de saúde e prevenção de doenças na assistência pré-natal no município de Vitória”, com uma amostra representativa de 1215 puérperas que se internaram em oito principais unidades hospitalares ou maternidades da RMGV-ES por ocasião do parto. Foi utilizado um questionário estruturado fechado para coletar informações do cartão da gestante e da memória da puérpera, referentes a identificação pessoal, dados gestacionais, assistência médica pré-natal, assistência odontológica no pré-natal, características socioeconômicas, maternas e infantis. Os dados serão processados e analisados no programa SPSS for Windows 17.0, com estatística descritiva e testes estatísticos de Qui-quadrado, Exato de Fisher e Regressão Logística, testando as associações entre a adequação ao pré-natal, região de moradia e características sociais e entre a adequação da assistência odontológica no pré-natal, região de moradia e características sociais. Na etapa qualitativa, o acesso ao cuidado pré-natal será analisado a partir das representações sociais de uma subamostra 24 puérperas: 14 puérperas que realizaram mais de seis consultas de pré-natal e 10 puérperas que realizaram nenhuma ou até três consultas, a partir de entrevistas individuais. A análise de conteúdo temática será realizada, seguindo as dimensões do acesso traçadas no referencial teórico (disponibilidade, capacidade de pagar e aceitabilidade). Espera-se que o estudo forneça um panorama sobre a equidade no acesso aos cuidados pré-natais e sobre as representações das gestantes sobre o acesso e o cuidado pré-natal na RMGV-ES e que possa subsidiar políticas e estratégias de melhoria dos serviços de pré-natal.

Data de início: 2014-04-01
Prazo (meses): 24

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Carolina Dutra Degli Esposti
Pesquisador Adauto Emmerich Oliveira
Pesquisador Edson Theodoro dos Santos Neto
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105