Representações sociais e o tratamento antirretroviral para Adolescentes que Vivem com HIV/Aids

Resumo: A introdução da terapia antirretroviral (TARV) modificou o curso da epidemia de AIDS, alterando sua evolução e tendências. A condição de cronicidade da doença, mediada pela tecnologia medicamentosa da TARV e os avanços do atendimento à saúde possibilitaram aumento da sobrevida dos portadores de HIV/AIDS e melhora da qualidade de vida. Estudo qualitativo que tem como objetivo conhecer as representações sociais e o uso de tratamento antirretroviral para Adolescentes que Vivem com HIV/Aids no Estado do Espírito Santo.

Data de início: 2018-03-05
Prazo (meses): 36

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Aluno Doutorado Camila Bruno Fialho
Colaborador Sandra Fagundes Moreira da Silva
Coordenador Angelica Espinosa Barbosa Miranda
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105