Summary: A estratégia de Tuberculose, alinhada aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, estabelece três metas ambiciosas para acabar com a epidemia global de TB até 2030: reduzir a incidência de TB e mortalidade em 80% e 90%, respectivamente, e a eliminação de custos catastróficos para pacientes com tuberculose e suas famílias. A estratégia, também, se concentra na população de alta prioridade como refugiados e migrantes, entre outros, que estão em alto risco de TB.
Este estudo combinará diferentes abordagens com o objetivo de identificar esforços para fortalecer os cuidados com os migrantes, por meio da adaptação de modelos de atenção e intervenções de proteção social.
Os resultados do estudo terão o potencial de estabelecer subsídios para a discussão de políticas de duas maneiras principais. Primeiro, mostrar as abordagens para a saúde e prestação de serviços, incluindo revisões de políticas de saúde, planos de saúde, estruturas de taxas e modelos de atenção para uma abordagem mais centrada no paciente com TB. Em segundo lugar, propor novas estratégias para o a prestação de cuidados de saúde aos migrantes por meio de medidas de proteção social melhoradas, em colaboração com as partes interessadas do setor social.

Starting date: 2019-08-07
Deadline (months): 24

Participants:

Rolesort ascending Name
Vice coordinator * Carolina Maia Martins Sales
Researcher * Keila Cristina Mascarello
Researcher * Letícya dos Santos Almeida Negri
Researcher * Adriana Ilha da Silva
Researcher * Paula de Souza Silva Freitas

Pages

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105