Summary: Este projeto de pesquisa visa analisar a política de saúde e o trabalho do assistente social a partir de dois momentos distintos das formas de gestão do trabalho: o modelo fordista e o paradigma de acumulação flexível. Esses dois eixos de análise serão discutidos e aplicados ao campo da saúde e à inserção do trabalho do assistente social na saúde. Os dois eixos foram escolhidos para apontar um exame sobre tendências dos determinantes sociais à saúde pública e ao processo de trabalho do assistente social neste campo. A área da saúde coletiva pauta, na contemporaneidade, novos desafios aos assistentes sociais e sua formação neste campo, inserindo-os de um debate teórico e conceitual que visa a formulação de referenciais de formação profissional ao assistente social no campo da saúde. A reflexão sobre o processo de trabalho do assistente social será analisada em sua perspectiva micropolítica, mas também considerando as reflexões sobre a política pública de saúde na atualidade.

Starting date: 2010-02-02
Deadline (months): 24

Participants:

Rolesort descending Name
Coordinator * Francis Sodré
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105