Social isolation assessed by social interaction matrix, infection and illness by SARS-CoV-2

Summary: A atual e crescente pandemia da covid-19, causada pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2), foi decretada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em março de 2020. No Brasil, os casos são crescentes, expandindo entre estados e municípios e, por meio da portaria Nº 454, de 20 de março de 2020, o Brasil declara transmissão comunitária em todo o território (BRASIL, 2020). Destaca-se assim a necessidade de estudos que avaliem a efetividade das medidas não farmacológicas como o isolamento e distanciamento social, interações sociais nos períodos pandêmicos e pós-pandêmicos, testagem de indivíduos e medidas de quarentena, além da adesão destas medidas pela população ao longo do tempo. Assim, o objetivo desse estudo é: Avaliar a associação entre as medidas de isolamento e distanciamento social, através de matriz de interação social, e o risco de infecção e adoecimento pelo SARS-CoV-2, na Grande Vitória (ES). Métodos: Estudo de corte transversal de 486 residentes nos municípios de Vitória, Serra, Vila Velha e Cariacica. Será realizada uma entrevista domiciliar subsequente à entrevista do estudo de base, onde serão coletados dados da interação social e testagem para covid-19. Para associação entre adesão as técnicas de enfrentamento e o desfecho positivo, supondo que no grupo com resultado do teste positivo a adesão chegue a 20% e no outro grupo (controle, resultados negativos) a 10%, poder do teste de 80% e nível de significância de 5%, serão necessários em torno de 200 pacientes em cada grupo (positivo e negativo). Estes tamanhos estão dentro da amostra inicial, podendo ser complementados a partir dos resultados dos testes. Também será avaliado se o sujeito da pesquisa teve teste anterior para covid-19 positivo e se fez isolamento no período. Será realizado perfil sociodemográfico, bem como de adoecimento e interação social dos sujeitos da pesquisa. Será calculada a matriz de interação social no contexto da covid-19 e serão criados modelos para medir a associação das variáveis do estudo com o infecco pelo SARS-CoV-2. Serão realizados testes paramétricos e não paramétricos para medir associações e diferenças bivariadas e modelos de regressão logística para cálculo do risco de adoecimento.

Starting date: 2021-07-01
Deadline (months): 24

Participants:

Rolesort descending Name
Collaborator * Maria Delnides de Sousa Azevedo
Coordinator * Ethel Leonor Noia Maciel
Researcher * Fabiano Petronetto do Carmo
Researcher * Keila Cristina Mascarello
Researcher * Paula de Souza Silva Freitas

Pages

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105