Gastroschisis in ESpírito Santo

Summary: A gastrosquise é uma malformação da parede abdominal constituída da exteriorização de órgãos intra-abdominais por um orifício próximo ao cordão umbilical e sem a cobertura de membranas. Sua prevalência é ascendente em todo o mundo nas últimas décadas. Em países de alta renda as taxas de sobrevivência em pacientes com gastrosquise são próximas de cem por cento, porém os custos hospitalares são elevados. Nos países de baixa renda há relato de taxas de mortalidade por gastrosquise de 75 a 100%. O Brasil é definido como um país de média para alta renda, segundo o Banco Mundial. Os estados do Sudeste do país possuem os melhores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) quando comparados com os das regiões Norte e Nordeste do país. O Espírito Santo está situado na região Sudeste do país, possui rede estruturada de saúde com disponibilidade de leitos neonatais e cirurgiões pediátricos capacitados para atendimento de casos de gastrosquise. Este estudo pretende caracterizar a assistência oferecida aos pacientes portadores de gastrosquise em três hospitais públicos da Região Metropolitana da Grande Vitória-RMGV-ES. Esta pesquisa poderá contribuir na gestão de ações assertivas que poderão resultar no aumento das taxas de sobrevivência destes pacientes.

Starting date: 2017-10-01
Deadline (months): 60

Participants:

Rolesort descending Name
Coordinator * Eliana Zandonade
Student Doctorate * Virginia Maria Muniz
Vice coordinator * Luciane Bresciani Salaroli
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105