AVALIAÇÃO EPIDEMIOLÓGICA DAS ARBOVIROSES NO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO.

Resumo: As arboviroses tornaram-se um grave problema de saúde pública no Brasil. Possuem a característica de serem transmitidas a seres humanos através da picada dos artrópodes hematófagos, dentre elas destacam-se o Dengue, Zika, Chikungunya e a Febre amarela. Devido o intenso aumento deste problema de saúde pública, é necessário realizar intervenções para o seu controle, no entanto torna-se necessário primeiramente tomar conhecimento do pefil epidemiológico dos casos diagnosticados e das áreas de risco, identificando as regiões prioritárias de atenção. Neste sentido, o objetivo geral do presente projeto é avaliar os aspectos epidemiológicos referentes às arboviroses no estado do Espirito Santo no período de 2015 a 2017. Para alcançar os objetivos propostos pelo projeto, foi traçado dois delineamentos de estudo. O primeiro trata-se de um estudo ecológico, com a finalidade de analisar a distribuição espacial dos casos de Zika Vírus (notificados no Sistema de Informação de Agravos de notificação (SINAN) no estado do Espírito Santo (ES), O segundo, trata-se de um estudo descritivo dos casos notificados por microcefalia por Zika Vírus e Febre amarela no Estado durante o período de 2015 a 2017. Espera-se que o estudo contribua para a atuação da vigilância em saúde e melhoria da intervenção e direcionamento dos recursos aos municípios prioritários de atenção. Possibilitando assim uma forma de atuação no controle e erradicação destes agravos.

Data de início: 2017-05-17
Prazo (meses): 48

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Aluno Mestrado Priscila Carminati Siqueira
Aluno Mestrado Helaine Jacinta Salvador Mocelin Cássaro
Coordenador Ethel Leonor Noia Maciel
Coordenador Thiago Nascimento do Prado
Vice-Coordenador Carolina Maia Martins Sales
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105