Perfil Epidemiológico dos casos de gestantes infectadas pelo HIV no Estado do Espírito Santo, entre 2007 e 2012

Nome: Jefferson Vitorino Cantão de Souza
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 02/09/2015
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Angelica Espinosa Barbosa Miranda Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Angelica Espinosa Barbosa Miranda Orientador
Eliana Zandonade Coorientador
Maria Helena Costa Amorim Examinador Interno

Resumo: O objetivo deste estudo foi analisar a completude dos campos de preenchimento do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) de gestantes infectadas pelo HIV no Espírito Santo, entre 2007 e 2012. Trata-se de um estudo descritivo analítico com base em dados secundários. A completude de 38 campos do SINAN foi avaliada como excelente (variável com menos de 5% de preenchimento incompleto), bom (5% a 10%), regular (10% a 20%), ruim (20% a 50%) e péssimo (50% ou mais). Agruparam-se os campos por tipo de informação: informações da notificação, gestante, residência, pré-natal, parto e recém-nascido. As equações de tendência linear para a não completude ao longo do tempo foram calculadas, com significância estatística de 5%. As maiores frequências de completudes regular, ruim e péssima ocorreram nas informações sobre o pré-natal, parto e recém-nascido. Os campos estado de realização do pré-natal (valor de R2 = 0,697; p = 0,039) e número do cartão SUS (valor de R2 = 0,916; p = 0,003) apresentaram tendência decrescente de não completude e unidade de saúde de realização do parto (valor de R2 = 0,761; p = 0,023), tendência crescente. Sugere-se educação continuada e capacitação para que o profissional notificador registre todos os dados e de forma fidedigna, para subsidiar o controle da transmissão vertical do HIV.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105