Concordância Entre Métodos de Avaliação de Consumo de Sódio e Potássio em Participantes do Estudo Longitudinal de Saúde do Adulto - Elsa-brasil

Nome: Taísa Sabrina Silva Pereira
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 14/03/2014
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Maria del Carmen Bisi Molina Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Maria del Carmen Bisi Molina Orientador

Resumo: Trata-se de uma dissertação de mestrado sobre métodos de avaliação de consumo de sódio e potássio, estruturada em dois manuscritos. O primeiro manuscrito buscou validar o consumo de sódio e potássio estimado pelo Questionário de Frequência Alimentar (QFA), aplicando-se o método das tríades em subamostra de participantes do Estudo Longitudinal de Saúde do Adulto (ELSA-Brasil). O consumo desses nutrientes foi estimado por um QFA semiquantitativo com 114 itens alimentares, pela excreção urinária de 12-h noturnas e por três registros alimentares de 24-h (RA). Os coeficientes de correlação foram obtidos entre cada um dos métodos. Foi calculado o coeficiente de validade (CV) e os intervalos de confiança de 95% foram estimados utilizando amostragem de bootstrap. Foram atendidos os pressupostos em relação às correlações de Pearson para utilização do método das tríades. Os coeficientes de validade para sódio foram considerados moderados QFA IR (0,37), RA IR (0,56) e B IR (0,21). Para potássio, os CV foram moderados (QFA IR: 0,60; B IR: 0,42) e alto (RA IR: 0,79). Concluise que o QFA-ELSA-Brasil apresentou validade relativa para estimar o consumo de potássio em estudos epidemiológicos, mas não para o sódio. O segundo manuscrito teve por objetivo avaliar a concordância do consumo de sódio e potássio estimado por dois métodos no ELSA-Brasil. Foram analisados dados de 12.593 participantes, obtidos por meio de questionário de frequência alimentar e excreção urinária de 12horas noturnas (ExUr). Médias e quintis de consumo foram comparados. Foram encontradas correlações fracas e diferenças significativas entre as médias de sódio (QFA: 4,5±1,7g; ExUr: 4,3±2,1g) e potássio (QFA: 4,8±1,8g; ExUr: 2,4±1,0g). Percentuais de discordância entre métodos variaram de 41,2 a 44,4% e concordâncias exatas de 22,6 a 23,7%. Não foi encontrada concordância entre os métodos avaliados.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105