Os Desafios para a Participação em Saúde : um Olhar dos Usuários Conselheiros do Conselho Municipal de Saúde de Serra/es

Nome: Luciana Marciana Vilela Mugrábi
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 27/08/2008
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Adauto Emmerich Oliveira Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Adauto Emmerich Oliveira Orientador
Luiz Henrique Borges Examinador Interno

Resumo: Busca compreender a participação dos conselheiros usuários no Conselho Municipal
de Saúde de Serra/ES no período de 2006-2008. Tem como objetivos caracterizar o
perfil do usuário conselheiro; verificar a participação/representatividade dos
conselheiros usuários; identificar a compreensão do conselheiro usuário sobre a
importância, dificuldades e vantagens sobre sua atuação no Conselho Municipal de
Saúde de Serra (CMSS); compreender a percepção do conselheiro usuário sobre a
contribuição do conselho para as ações em saúde no município de Serra.
Metodologicamente, define-se como um estudo de caso de natureza qualitativa. Na
pesquisa de campo utilizou-se a entrevista semi-estruturada. O material coletado
nas entrevistas com os seis conselheiros foi analisado por meio da técnica do
discurso do sujeito coletivo. Observação e análise documental também foram
empregadas. No que toca aos resultados da pesquisa, observamos que os
conselheiros fazem parte de um grupo diferenciado de pessoas na sua comunidade.
Estão organizados em associações, participam de outros conselhos. Verificamos
que a representatividade dos conselheiros usuários é tênue. Muitos são os fatores
que contribuem para a fragilidade da representação. A participação desses sujeitos
é ainda muito simbólica, focada na fiscalização e no atendimento às demandas
emergenciais do órgão gestor da saúde. Em suas percepções sobre as dificuldades
com a participação, os nossos sujeitos apontaram a dificuldade com o executivo, e
dificuldades com a participação não comprometida de outros conselheiros.
Destacaram que não vêem vantagem em participar do CMSS porque é um trabalho
voluntário que fazem, mas há entre eles quem declare que ao conselheiro abrem-se
muitas portas. A participação no CMSS proporciona oportunidades de
aprendizagem, de lutar pelos direitos sociais de cidadania. Em relação à
contribuição do CMSS para as ações em saúde, declararam que a atuação do
CMSS é ainda muito tímida

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105