O Processo de Trabalho do Cirurgião-dentista no Programa de Saúde da Família.

Nome: Eida Maria Borges Gonsalves
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 03/06/2005

Banca:

Nomeordem crescente Papel
Rita de Cássia Duarte Lima Examinador Interno
Marcos Azeredo Furquim Werneck Examinador Externo
Adauto Emmerich Oliveira Orientador

Resumo: Descreve o processo de trabalho do cirurgião-dentista no Programa Saúde da Família (PSF) e as evidências empíricas de possíveis mudanças na prática odontológica. Em termos teóricos, fundamenta-se nos estudos do processo de trabalho em saúde e, mais especificamente, na teoria de Merhy sobre a micropolítica do trabalho em saúde. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, descritiva, do tipo estudo de caso, cujo cenário é o município de Aracruz, no Espírito Santo, Brasil. A investigação focou os cirurgiões-dentistas inseridos em equipes de PSF e, para a coleta de dados, utilizou a entrevista semi-estruturada, a observação direta e o grupo focal. O exame do material empírico baseou-se na análise de conteúdo de Bardin, trazendo os discursos dos entrevistados para uma reflexão dialogada com os autores que fundamentam o estudo. Os resultados demonstram a manutenção do modelo hegemônico, com um trabalho tecnicista, centrado no cirurgião-dentista, privilegiando a atividade clínica, orientada para a produção de atos individualizados, e dependente de tecnologias duras. O cirurgião-dentista tem controle quase absoluto do seu processo de trabalho. É ele quem planeja e executa suas atividades, decide quem atender, o que fazer e como fazer. Um problema relevante é a precarização das relações de trabalho, com profissionais terceirizados e sem as devidas garantias trabalhistas. Pequenas mudanças no modo de operar o trabalho coletivo sinalizam para uma maior integração entre os profissionais. Um ponto positivo da implantação das equipes de saúde bucal no PSF foi a ampliação do acesso a serviços odontológicos para comunidades sem nenhuma assistência. Durante a pesquisa apareceram várias questões relevantes, que, dada a sua complexidade, deixaram de ser mais exploradas no presente trabalho, necessitando de estudos mais aprofundados.

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105