CONDIÇÃO DE SAÚDE BUCAL E QUALIDADE DE VIDA DE USUÁRIOS DE SUBSTÂNCIAS PSICOATIVAS EM ATENDIMENTO NOS CENTROS DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS DA REGIÃO METROPOLITANA DE VITÓRIA, ES.

Nome: Bruna Costa Bissóli
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 22/08/2016
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Eliana Zandonade Co-orientador
MARIA HELENA MONTEIRO DE BARROS MIOTTO Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Eliana Zandonade Coorientador
MARIA HELENA MONTEIRO DE BARROS MIOTTO Orientador

Resumo: O consumo de drogas é uma realidade e suas repercussões são observadas nos campos social, cultural e econômico, assim como no da saúde. Objetivou-se avaliar a prevalência de cárie e suas associações, bem como o impacto das condições bucais na qualidade de vida de usuários de drogas dos Centros de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas (CAPS AD) dos municípios de Vitória, Serra e Vila Velha, ES, Brasil. Desenvolveu-se um estudo observacional transversal, de junho de 2015 a fevereiro de 2016, com uma amostra final de 280 indivíduos. Utilizou-se a técnica de entrevista com registro em formulário para levantamento das características sociodemográficas e de saúde, do consumo de substâncias psicoativas (SPA) e o indicador subjetivo Oral Health Impact Profile (OHIP). Realizou-se o exame clínico dos elementos dentais para obtenção do índice de dentes cariados, perdidos e obturados (CPOD). Realizou-se a análise estatística por meio do teste qui-quadrado. Calculou-se o odds ratio (OR) com intervalo de confiança de 95%. Adotaram-se níveis de significância de 5% no estudo. A prevalência de cárie foi de 96,8% (n=271), a média do CPOD de 11,45 (DP= 7,5) e a mediana de 10. Faixa etária, raça/cor e situação conjugal estiveram associadas estatisticamente com CPOD>10, assim como uso e necessidade de prótese e tempo de uso de substâncias psicoativas. O impacto das condições bucais na qualidade de vida foi significante nas dimensões desconforto psicológico, incapacidade psicológica e dor física, interferindo em condições essenciais dos indivíduos. Os usuários de drogas possuem condição bucal precária, com alta prevalência de cárie, o que reflete em um alto impacto na qualidade de vida desses indivíduos. Os CAPS AD representam a alternativa de atenção integral ao usuário de SPA e a relação deste espaço com o serviço de Odontologia da atenção básica se faz extremamente necessária.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105