Saúde e Sociedade

Código: PGSC-2233
Curso: Mestrado em Saúde Coletiva
Créditos: 4
Carga horária: 60
Ementa: O conceito de saúde. A normatização da saúde nas cidades e através das famílias. A compreensão da saúde para a medicina social, comunitária, saúde pública e a formação histórica do campo da saúde coletiva. Racionalidades médicas. Linhas de fuga: práticas integrativas e complementares em saúde. As concepções sobre biopolítica e biopoder. Controle, Disciplina e Vigilância. Aproximações de estudo sobre estratégias de poder e resistências. Os conceitos de Império e Multidão.
Bibliografia: 1. BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria n0. 971 de 3 de maio de 2006. Aprova a política nacional de práticas integrativas e complementares complementares no Sistema Único de Saúde. Disponível em: http://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/pdf/PNPIC.pdf. Acesso em 7 ago 2011.
2. BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Política nacional de práticas integrativas e complementares no SUS. Brasília: Ministério da Saúde, 2006. 92 p. Disponível em: http://dab.saude.gov.br/docs/publicacoes/geral/pnpic.pdf. Acesso em 7 ago 2011.
3. COSTA, J.F. Ordem médica e norma familiar. Capítulos I a IV. Rio de Janeiro: 5 ed. Editora Graal, 2004. p 19-219.
4. DELEUZE, G.; GUATTARI, F. Como criar para si um corpo sem órgãos. In: Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia. v 3. São Paulo: Editora 34, 1996. p. 9-29.
Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232003000... . Acesso em 10 ago. 2009.
5. DONATO, H. O Éden Americano: foi no interior do Brasil que a serpente ofereceu a Eva um suculento maracujá. In: Portal SESCSP. Disponível em: http://www.sescsp.org.br/sesc/revistas_sesc/pb/artigo.cfm?Edicao_Id=94&A...

6. FIGUEIREDO, T.A.M.; MACHADO, V.L.T. Representações sociais da homeopatia: uma revisão de estudos produzidos no Estado do Espírito Santo. Ciênc. saúde coletiva, Rio
de Janeiro, 2011 . Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232011000.... Acesso em: 07 ago. 2011. http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232011000700032.
7. FOUCAULT, M. O nascimento da medicina social. In: Microfísica do poder. Rio de Janeiro: Graal, 1979. p. 79-98.
8. FOUCAULT, M. Os corpos dóceis. In: Vigiar e Punir. Petrópolis: Vozes, 1987. p. 131-163,
9. FOUCAULT, M. Os recursos para o bom adestramento. In: Vigiar e Punir. 38 ed. Petrópolis: Editora Vozes, 2010. p. 164-185.
10. FOUCAULT, M. Em defesa da sociedade. São Paulo: Martins Fontes, 1999. p. 285-315.
11. FOUCAULT, M. Nascimento da Biopolítica. São Paulo: Martins Fontes, 2008. p. 179-219.
12. FOUCAULT, M. Segurança, território e população. São Paulo: Martins Fontes, 2008. p. 419-448.
13. HOLANDA, S.B. Visão do paraíso: os motivos edênicos no descobrimento e colonização do Brasil. 6 ed. rev. ampl. São Paulo. Companhia das Letras, 2010. p. 356-442.
14. MERHY, E.E. Gestão da produção do cuidado e clínica do corpo sem órgãos: gestão da produção do cuidado e clínica do corpo sem órgãos – novos comportamentos e processos de produção do cuidado em saúde: desafios para os modos de produzir o cuidado centrados nas atuais profissões. Rio de Janeiro: Universidade Federal Fluminense, 2007. Disponível em: http://www.uff.br/saudecoletiva/professores/mehry/artigos-25.pdf. Acesso em 10 ago. 2009.
15. LUZ, M. T. Natural, racional, social: razão médica e racionalidade científica moderna. 2. ed. rev. - São Paulo: Hucitec, 2004.
16. MAUÉS, R.H. Medicinas populares e “pajelança cabloca” na Amazônia. In: ALVES, P.C.; MINAYO, M.C.S. (orgs.). Saúde doença: um olhar antropológico. Rio de Janeiro: Hucitec, 2004. p. 73-81.
17. MINAYO, M.C.S. Representações da cura no catolicismo popular. In: ALVES, P.C.; MINAYO, M.C.S. (orgs.). Saúde e doença: um olhar antropológico. Rio de Janeiro: Fiocruz, 2004. p. 57-71.

18. NEGRI, A. Por uma definição ontológica de multidão. In: 5 Lições sobre Império. Rio de Janeiro: DP&A, 2003.
19. NEGRI, A.; HARDT, M. A constituição política do presente. In: Império. 9 ed. Rio de Janeiro: Record, 2010. p.19-84.
20. NUNES, E.D. Saúde coletiva: história de uma idéia e de um conceito. Saude soc., São Paulo, v. 3, n. 2, p. 5-21, 1994. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12901994000... . Acesso em 16 ago. 2009.
21. RABELO, M.C.M. Religião, ritual e cura. In: ALVES, P.C.; MINAYO, M.C.S. Saúde e doença: um olhar antropológico. Rio de Janeiro: Fiocruz, 2004. p. 47-56.

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105