Credenciamento de docentes

Norma geral da UFES (Credenciamento e Recredenciamento de Docentes):Os docentes dos Programas de Pós-graduação devem produzir trabalhos científicos e tecnológicos de valor comprovado de acordo com os critérios estabelecidos pelos órgãos internos e externos de acompanhamento e avaliação da Pós-graduação.
Os docentes devem estar cadastrados na Plataforma Lattes do CNPq e devem manter seu Currículo Lattes atualizado, informando sua produção científica e tecnológica no mínimo duas vezes por ano (até 30 de junho e até 31 de dezembro).
Os docentes de Programas de Pós-graduação são classificados em duas categorias: Professores Permanentes e Professores Colaboradores.
Após a criação do Programa de Pós-graduação, a inclusão, o desligamento e a categorização dos professores que fazem parte do corpo docente deverão ser aprovadas pelo Colegiado Acadêmico respectivo.
Os critérios de permanência e categorização dos docentes deverão ser estabelecidos no Regimento Interno de cada Programa, levando em consideração as diretrizes de sua área de avaliação da CAPES.
A categorização dos docentes se dará anualmente.
O ato de solicitação de adesão de um docente a um Programa de Pós-graduação será formalizado pelo preenchimento do Termo de Concordância para “Participação em Curso de Pós-graduação” previsto nos Anexos I e II do Regulamento Geral de Pós-Graduação.

Norma do Programa para o Credenciamento e Recredenciamento de Docentes:

CRITÉRIOS PARA CREDENCIAMENTO DE PROFESSORES NO PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA - UFES

Renovação permamente
- Mínimo de pontos em artigos A e B publicados(a) em saúde coletiva no ultimo triênio(b): 350
- Mediana dos artigos do último triênio(c): no mínimo B3
- Orientações/ co-orientações e disciplinas: Ter orientado pelo menos 3 dissertações no triênio e ofertado disciplina

Renovação Colaborador(d)
- Mínimo de pontos em artigos A e B publicadosa em saúde coletiva no ultimo triênio(b): 200
- Orientações/ co-orientações e disciplinas: Ter orientado pelo menos uma dissertação no triênio ou dado disciplina.

Novo pedido permanente
- Mínimo de pontos em artigos A e B publicadosa em saúde coletiva no ultimo triênio(b): 350
- Mediana dos artigos do último triênio(c): no mínimo B3
- Orientações/ co-orientações e disciplinas: Ter co-orientado pelo menos 1 dissertação no programa.

Novo pedido colaborador(d)
- Mínimo de pontos em artigos A e B publicados em saúde coletiva no ultimo triênio(b): 200
- Orientações/ co-orientações e disciplinas: Ter co-orientado pelo menos uma dissertação no programa.

a: artigos aceitos serão considerados, dependendo da previsão de publicação;
b: Somente serão contados no máximo 3 artigos B4 e 3 artigos B5;
c: colocando todos os artigos publicados na ordem A1, A2, B1, B2, B3, B4, B5 e C, observar a pontuação do artigo do meio;
d: o professor poderá ficar como colaborador por no máximo 3 anos consecutivos, sendo promovido a permanente ou saindo do programa.

Além dos critérios acima citados, serão consideradas a titulação, produção científica e atuação na área da Saúde Coletiva.

Vitória, 05 de fevereiro de 2013

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Maruípe, Vitória - ES | CEP 29043-900